top of page

Como monitorar e detectar focos de incêndio?

De acordo com dados coletados pelo Programa Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Brasil registrou em 2020 o maior número de queimadas em uma década. Em 2021, foram registrados 75.090 casos, e em 2022, 76.587 focos ocorreram até o dia 19 de setembro, apresentando um aumento de 2% se comparado ao ano anterior.


Devido a esse aumento de casos, o monitoramento via satélite tem facilitado a observação e coleta de dados sobre os focos de calor, auxiliando em medidas e tomadas de decisões.


Um monitoramento preciso e eficiente, é o monitoramento em tempo real, realizado via satélite, que aponta os lugares exatos dos focos de calor e permite que esses dados sejam analisados e mantidos em bases para futuros alertas e emissão de relatórios. Realizar o monitoramento em tempo real, é uma maneira de preservar e proteger terras e bens. Essa é uma estratégia eficaz para garantir que o seu patrimônio esteja seguro.


Outra forma de se precaver, é estar atento às mudanças climáticas e aos possíveis incêndios que podem ocorrer nas temporadas mais secas do ano.


Ambas as soluções são oferecidas pela Attempo, com um sistema simples e inovador. Com o Attempo Lume, você poderá monitorar os focos de calor em tempo real, via satélite, recebendo sinais de alerta em casos de risco, mantendo a segurança de suas terras. O Attempo Clima, proporciona um monitoramento climático durante todo o ano, facilitando as suas tomadas de decisão.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page